quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Imortais

A busca pela imortalidade desde os tempos mais remotos foi um dos principais objetos de estudo do homem. Muitos tentaram chegar a imortalidade, seja por mumificação, rituais e sacrificios humanos, ou mesmo imortalizar-se em páginas de livros, pinturas, e diversos outros tipos de arte. Gilmanesh foi um dos tantos que trilhou essa busca, onde acabou sobrevivendo do grande dilúvio. Porque a busca desenfreada, inclusive pela ciência da juventude, e da imortalidade? A morte em uma floresta é algo necessário para que um processo muito maior, que é a vida, vingue.
Sempre que nos deparamos com a morte, nos desesperamos ao tomar consciência de nossa condição como mortal, porém é um dos atos mais limpos e previsivéis da existencia de um ser. Faça apenas valer a pena.


"Que não seja imortal, posto que é chama. Mas que seja infinito enquanto dure."

Nenhum comentário:

Postar um comentário