quarta-feira, 27 de maio de 2009

OE!
Tia Jeniffer falando ;)

Sadia e Perdigão fundem-se!
Fundem-se, vocês leram certo, não fodem-se. O sujeito que se foderá é o neguinho trabalhador e nós, possivelmente vitimas de monopólio, já que juntos eles possuem mais de 50% da indústria avicola ou seja lá como a chamem.
Bonito não? Produtos desaparecerão, funcionários idem, preços aumentarão...ai ai
Na dúvida compre da outra marca.

EXCETO batavo, pois eles financiam o Corinthians. Beleuza?




*agora se esconde para os corinthianos não me matarem*
E sim, eu tenho medo mas não tenho vergonha, se não gostou...pouco importa, você não sabe quem sou, e possivelmente ninguém lê essa joça. Mas um dia seremos como o KIBELOKO, certo Priscila? [/pretensão]

Se eu não aparecer no blog até semana que vem, caros leitores, estejam certos que um corinthiano descobriu meu endereço e me matou.

Beijo no rim seus putos!

terça-feira, 26 de maio de 2009

Gen Pes Descalços.

Gen pes descalços

Redação: Priscila Faria
Imagem: google


Roteiro e Arte: keiji Nokazawa
Lançamento1972




Uma das histórias mais marcantes dos quadrinhos.
No roteiro mostra a inesquecivel devastação da bomba atômica sobre a cidade de Hiroshima, contata como uma auto-biografia por keiji nokazawa, mostra a vida ilustre de uma criança, um menino de apenas seis anos, lutando para sobreviver com o horror do holocausto da guerra no japão, onde a parte pobre do Japão e fora da guerra sofre com os grandes alarmes de bombas, tornando-se uma grande pertubação.
Apesar dos sofrimentos, o bom humor do jovem Gen e de pura força de vontade, consegue ajudar pessoas em sua volta, marcada pela tragédia. Ele tem a tarefa de ajudar a mae e a irmã recém-nascida a sobreviver a amarga vida gerada pelo terror atômico.
a historia de Gen pes descalços em um manga, é totalmente baseado nas lembraças reais do autor, como um grande depoimento, pode ser vista não apenas entre fortes palavras, mas em figuras extremamente chocantes, capaz de trazer muitas emoçôes para os leitores.

Hiroshima era bela, uma cidade pacifica. Gen desde cedo teve sua vida abalada pelos conflitos, seu pai era um pacifista, sendo assim era criticados por muitos, taxando-o como um traidor da patria. A falta de alimento era um grande desespero, pois a familia era pobre e com a guerra ficou ainda mais. No dia 6 de agosto de 1945, a bomba cai em Hiroshima, Gen é salvo, pois com o grande vento devastante, o muro da escola caiu sobre ele.
A mãe de Gen, ainda gravida ficou salva, pois foi protegida pelo telhado de sua casa, ja o pai e os dois irmãos não tiveram a mesma sorte, a casa onde eles estavam na bela tarde de hiroshima, caiu sobre eles, com chamas por todo lado, Gen e sua mãe tentaram salva-lo mas era inutil, foram consumidos pela chama, onde os dois presenciaram a cena, por uma ordem do pai ainda agonizante, gen segurou sua mãe e levou-a para longe.
E apartir deste terror, surge a vida turbulenta de gen e sua mae.
Gen ajuda a mãe a fazer o parto da irma ainda no dia da bomba, além disso ajuda aos proximos em seu caminho, graças ao seu otimismo de criança.
No dia seguinte Gen fica atordoado pela falta de alimento e agua limpa, pois a agua ficou consumida pela radiação, sendo assim, ele depara com animais e pessoas sofrendo as queimaduras e o intenso calor, ainda vivos agonizando e sem poder beber agua,. apesar do sofrimento, gen consegue alegrar aqueles que ajudou.

As cenas terrivelmente fortes atrás de desenhos com traços infantis, em especial a edição "O dia seguinte" muito mais forte, pois ali é encontrada cenas de pessoas completamente devastadas pelas chamas e radiação.
O verdadeiro gen, keiji nokazawa, lançou a obra entre os anos 1972, onde relembrou os horrores da guerra tanto para os japoneses e para outras nações. Ainda hoje ela é utilizada na educação em escolas japonesas para crianças e adolescente vendo o que uma guerra atomica pode causar. no inicio o autor nao queria desenhar, mas conta no seu proprio depoimento: "Eu queria apenas esquecer os horrores de tudo aquilo. Quando me tornei cartunista, a última coisa sobre a qual queria escrever era sobre aquilo. Eu odiava a simples menção da palavra e achava que quadrinhos eram pra se divertir”, diz ele.
Mas mudou apos a morte de sua mãe: "Minha mãe morreu padecendo de uma série de diferentes enfermidades, sua vida havia sido um sofrimento constante após a bomba. Quando seu corpo foi cremado, descobri algo que me fez tremer de raiva: não sobrara nada de seus ossos. Geralmente os ossos resistem à cremação, mas o césio radioativo tinha devorado o esqueleto de minha mãe... A bomba atômica tinha tirado tudo de mim, até os ossos de minha querida mãe. O ódio ferveu dentro de mim e pela primeira vez eu me confrontei com a bomba”, conta.
O resultado apesar de trazer dor, emocionou qualquer classe de personalidades. Resultou tambem em um projeto chamado "Projeto Gen" onde mostra a historia para todo o mundo, destacando o alerta aos terrores de qualquer guerra, não somente para a grande perda da populaçao horrivelmente morta em hiroshima e Nagasaki, mas como os horrores dentro dos campos de concentração nazistas e perseguições.



Na historia não ha final feliz, é apenas um meio de alertar e de beneficiar a todos como uma lição do que uma guerra é capaz de trazer. É fundamental para a qualquer classe de pessoas, dando uma grande lição de superação e fortaleza dentre o sofrimento.
Os quatro volumes sao chocantes, dando ao leitor, noite sem dormir, refletindo no sofrimento de cada pessoas morta ali, e em todos os lugares de guerra, é de chorar milhares de barris e ainda ter lagrimas para chorarmais bilhoes. Mostrando a frieza e a tolice humana.


(episodio em espanhol: http://www.youtube.com/watch?v=LCipvfnaUto
http://www.youtube.com/watch?v=92eG3lOzKEk&feature=related)

(dois episodios de extrema tristeza)

Festival da Cerejeira

Redaçao: Priscila Faria
Foto: google


Em Campos de Jordão ocorrerá a 39ª festa das cerejeiras, conhecida como Sakura Matsuri.
Na festa terá um banquete da cultura japonesa, da culinaria ate o folclore oriental, como antigas danças tradicionais, musica, teatro e a exposiçao de artes.O parque é rodeado por grandes bosques. O festival ira acontecer na Vila Albertina nos dias 19, 25, 26 de Agosto, 1 e 2 de setembro no Parque das Cerejeiras Sakura Home.
Só resta esperar.


Fonte: http://www.suicabrasileira.com.br


Festival das Cerejeiras

Sakura - Cerejeira.
"Cerejeira é um nome dado a uma árvore de origem nipônica que adaptou ao clima de campos, é a grande atração japonesa no mês de março, esperada todos os anos pelos japoneses e por visitantes estrangeiros.
A primavera que ocupa seu lugar após o inverno, abre espaço para um grande campo rosado, a sakura, flores de cerejeira, que ja confirmado é o maior espetáculo da natureza. naturalmente elas começam a se desabrochar em Okinawa, no sul do Japão até Hokkaido no norte.
Grande apreciadores das flores passam horas em grupos observando passo a passo da chegada da primavera, até o florescer que vem como uma onda. O aglomeramento é tão alto, que antes mesmo da primavera os melhores lugares para assistir o florescimento é rigidamente disputado, muitos passam bastante tempo no lugar até o dia, ou contratam pessoas para guardarem seu lugar na frente.
Felizmente não é só o Japão que é privilégiado de assistir anualmente a bela paisagem, mas paises como Estados Unidos e Brasil tambem realizam o "Hanami" (ato de festejar o florescimento), graças ao projeto japonês no século 20, onde distribuiram varias mudas da arvore para promover amizade entre as naçôes.
Infelismente diz o ditado "tudo que é bom dura pouco" as cerejeiras costumam duram pouco tempo nos galhos das arvores.
Considerada um simbolo do amor até mesmo nos tempos atuais, ainda nos periodos antigos do Japão, mulheres adornavam-se com galhos da flor nos cabelos e no quintal de casas, mostrando a busca pelo amor, porem tambem o lado negativo da flor, que em quebrar um galho da flor pode aproximar a morte.
Normalmente elas podem ser vistas em locais como casas de gueixas no Japâo ou marcando grandes eventos para trazer a harmonia e felicidade.
o fato é o marco de grande alegria realizadas atraves da sakura."

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Papos e afins

Ei camarada sabe que dia é hoje?
realmente eu prefiro o dia da toalha mesmo.
hoje é o dia dos NERDaiada, enfim nao vou contar aquela "lengalenga" (tudojuntoporcausadareformaortografica) da historia do nerd. nerd é isso, nerd é aquilo. só vim para dizer que é o dia de voces. meu? nao, avisem-me quando chegar o dia do "troonerdmetal".

vida longa e prospera! =)

saindo do assunto
sabe que esses dias estreiou na tv RYUKENDOOOOOOOO (infantil o caramba, ainda existem aqueles que assistem power trash ranger).
GENTE! saiu a nova abertura, QUE ***, nao aguento! sabe aquelas pessoas que é alucinada por programas japas como eu, nao sabe falar em outras coisa a nao ser isso, ESTE ÉS MEU CASO.
jaspion, kabuto kamen rider, changemam, jiraya, nada se compara a ele, mas ryukendo é legal... é bobo, mas ... é legal pow.

sábado, 23 de maio de 2009

http://www.youtube.com/watch?v=BSfw-qWAJ4w

Vejam esse video, e chorem horas que eu entenderei.

Sabe aqueles dias que você só quer deitar e imaginar histórias e fantasias e coisas diferentes da sua realidade? Eis esse dia em minha vida! Preciso durmir, pois irei acordar absolutamente cedo em um DOMINGO, sim vocês leram certo, DOMINGO. Vida de estudante não é nada fácil. Além de estudante, Jeffs, nada fácil mesmo. Pois é, junte isso a 3 colheres de depressão e uma pitada de desespero. Receita pronta!
Além disso, vizinhos tão fazendo uma rave. PUTA MERDA. Eu preciso acordar cedo seus fio da poodle. Ah, vou ouvir chasing cars e me imaginar nessa chuva com o Gary Lightbody *-*

A Chemical Reaction and...KABOOM...ILRSM

Sim, não é para vocês entenderem.
Tenham uma boa noite, melhor que a minha, espero.
Estou quase chamando a polícia x)
Xá pra lá. Beijo me Liguem!

Jeniffer câmbio e desliga.

terça-feira, 19 de maio de 2009

Realidade dos blogueiros do mundo


AI pessoas!
alem da dona jeniffer, agora estou eu HAHA!
quero tanto postar em um blog que nem sei o que postar, ai esta o problema de criar um, fica "pros vento" a unica que entra é a minha mae, se eu falar para ela entrar ainda!
eu nem tenho gostos para falar em um blog é o fim.
voce gira para lá com o cadeira na frente da janelinha, liga a tv, fuça em todos os blogs que voce entra pela frente, depois de tanto tempo passado voce continua sem saber o que postar... ... ... e começa mais uma saga minha a procura de um post.
poxa vida, sabe quando da aquela ideia, voce fica ali na frente do pc parada o dia inteiro (que cuja vida es minha neste ultimo ano de vagabundice que me resta) esperando um comentario de algum (PIII leitor PIII) e nao aparece...

...

...

(1 hora depois)

ta vendo o que acontece quando se perde o que dizer.
VOCE BOIA!

bom acho que vou voltar a limpar a casa (mentira é só para levar o post a alguns minutos a mais)

(bom podem ficar tranquilos porque nao vou mais fazer posts inuteis como este. pretendo colocar alguma coisa de util, voltado para a literatura que é meu forte, e algumas reportagens por ai.)

(Priscila Faria) mais nao fez

sexta-feira, 15 de maio de 2009



"Olá pessoas doentes e seus familiares. Para não perdemos tempo e evitarmos conversa-fiada chata, eu sou o doutor Gregory House, mas vocês podem me chamar de Greg. (…) Eu sou um entediado diagnologista, com dupla especialidade em Infectologia e Nefrologia. Eu também sou o único médico dessa clínica que é obrigado a estar aqui. Mas não se preocupem, porque a maioria de vocês poderiam ser tratados por um macaco com um analgésico. Falando nisso, se me incomodarem muito, vocês poderão me ver tomando Vicodin (tira um frasco de remédio do bolso). Isso é meu, não é para vocês. E não, eu não tenho problemas de lidar com a dor, eu tenho problemas de dor. Mas quem sabe, talvez eu esteja muito doidão para dizer. Então, quem me quer?”


House MD é uma de minhas séries favoritas, quem assistiu a quinta temporada deve estar tão triste quanto eu. House enlouquecendo? Além disso, próxima temporada só Deus sabe quando, isso também deixa vocês loucos de ansiedade? A mim deixa, inclusive ando roendo até meus dedos, já que acabaram-se as unhas. Até lá muito Big Bang Theory pra acalmar os nervos.
Quem nunca assistiu eu recomendo, deixarei o link pra vocês monstrinhos.
Beijo!
Jeniffer
House MD.

quinta-feira, 14 de maio de 2009


Saudações! Reforma de blog!

Caso não saiba quem sou, ou não se lembre, sou a Jeniffer, dona desse humilde blog.

Depois de muito tempo, consegui minha senha de volta, portanto começarei a postar coisas novas. Outra novidade é que terei uma parceira, a Priscila, tratem-a bem ouviram mostrinhos?

Nós vemos em breve!

Beijo no rim!