quarta-feira, 29 de junho de 2011

Razão de ser

Acompanhei coisas que nunca entendi
E que talvez jamais entenderei.
Gostaria de estar em paz naqueles momentos
Talvez livrar-me do pesadelo de entender o inevitavel.
Mas não posso me ajudar
Ah se pudesse me ajudar
A vida não é feita de voce, nem de mim.

São atitudes quebradas e indecentes
Não temos razão, nem nos julgam como quem tem razão.
Mas vejo que nem tudo é feito de razão
Andei a procura da perfeição e encontrei ainda mais a imperfeição.
Mas não posso mudar por sua causa, não mesmo.
Mas quem pode dizer se posso ou nao, é a razão? Ou o coração?
Não acredite, isso é um criterio! Se vai mudar, não sei!
Mas espero continuar sendo eu e não meu eu imaginario.

Nenhum comentário:

Postar um comentário