sábado, 24 de julho de 2010

Futuro desesperado.

Creio que todo mundo sabe o quanto essa era digital desenvolveu e com isso milhoes de artistas tem tido chance de aparecer em redes por ai com o auxilio da internet. Fato. É verdade que tambem apareceu muita porcaria(merda) apareceu! ENTRETANTO, porem, mas, não foi só para uma finalidade que tomou conta, como a musica, mas o que eu tenho visto por ai, é que muitos quadrinhistas, desenhistas, cinegrafistas, propagandistas tem tido seu periodo de glória. Até mesmo esses dias eu achei na praça do ibirapuera haha, jogada no "gramado" uma revista que falava especialmente sobre alguns quadrinhistas brasileiros que vem tendo sucesso na web, mas enfim, não vou falar tudo de bom que li na revista. E como todo bom nerd sem nada pra fazer, tive a "necessidade de fazer um comentario sobre o conteudo da propaganda nas nossas vidas virtuais.
É incrivel como cada autor, procura evoluir no aspecto grafico. Antes teve aquele periodo "guerra mundial" onde usavam especie de caricatura para fazer "graça" ao público revolucionário da época, mais pra frente, coisa meio anos 70, modinha hippie, quadrinhistas acharam que o negócio de fazer desenho critico era um "negocio interessante e que dava dinheiro com a bunda no sofá" e não é que foi? O negocio foi tão serio, que os velhacos milionários de hoje, foram hippies do passado, para pra pensar, gente pobre, que mal tomava banho, ouvia led zeppelin, tirava sarro da cara de presidente e dizia que era anarquista = Milionarios 2010. Mas enfim, do papel higienico vagabundo que usavam nos anos 70, surgiram as maquinas mais equipadas de jornalismo, que resultou em um crescimento maior de propaganda mundial. Em plena época do DESCOBRIMENTO "vasto" musical, começou a surgir quadrinhos especie "ramones", os jornais bombava, uma quantidade de audiencia de criticos, chamava mais atenção dos quadrinhistas da época, não somente quadrinhos criticos e engraçados cresciam, mas vemos ai os HQ, homem aranha, super-man, liga da justiça etc, etc. Enfim, diziam os historiadores, que após o crescimento industrial as pessoas e a interatividade de tais desenvolveriam. Fato. Bom meus caros amigos 2010, vemos o quanto desenvolveu.
As graficas de produções de qualquer coisa, tem uma enorme quantidade de programações, esses dias em uma aula da facul entrei e fiquei maluquinha, com tantos equipamentos diferentes, para uma propaganda eficaz, tirando a "mentira marketing" que vem nos consumindo, toda a passagem de uma simples fotografia ralé, ou um desenho vagabundo, sendo transformado em uma tentação para os olhos, o que mais me desenganou é as propagando de pizzas, toda recheada, com queijo esparramando dos lados, ao abrir a caixa, a fumaça, sendo que na realidade, é uma fatia de queijo pra cada massa e sendo que a metade do queijo vem grudada na embalagem, mas vemos ai, o crescimento deste tipo de propaganda nas tirinhas, muitos autores utilizam personagens "fofinhos" muito bem elaborados para fazerem criticas, a politica, entre outros. Pois como vem sido vista desde de periodos revolucionarios aos periodos modernos, assim como hoje, onde o proprio desenvolvimento grafico é a piada.
hoje, diferente das epocas passadas, onde coisas geralmente feias, eram feitas em tirinhas para divertir e para provocar a politica, etc, é feito totalmente ao contrario, vemos ai a feição infantil dos personagens, que fazem com que as criticas não fiquem na cara e não seja um bofetão na sua cara, mas que fique leve.

enfim, depois eu falo mais sobre os curtas que eu vi, fui!
Priscila

Nenhum comentário:

Postar um comentário