terça-feira, 28 de setembro de 2010

Simplesmente;Amor


O amor
não é apenas a intensidade dos nossos sentimentos
e sim nossas ações; São importantes.
Pensar no amor como algo vivo e lúcido
como uma planta
que precisa de nutrição e cuidados
para o simples desenvolver
pois bem, uma planta sem nutrição
enfraquece e morre.
Não, não é com dizem
ele não surge do nada
Sim. Uma causa. Talvez

Priscila F


"Se eu falar em línguas de homens e de anjos, mas não tiver amor, tenho-me tornado um pedaço de latão que ressoa ou um címbalo que retine.
E se eu tiver o dom de profetizar e estiver familiarizado com todos os segredos sagrados e com todo o conhecimento, e se eu tiver toda a fé, de modo a transplantar montanhas, mas não tiver amor, nada sou.
E se eu der todos os meus bens para alimentar os outros, e se eu entregar o meu corpo, para jactar-me, mas não tiver amor, de nada me aproveita.
O amor é longânime e benigno. O amor não é ciumento, não se gaba, não se enfuna, não se comporta indecentemente, não procura os seus próprios interesses, não fica encolerizado. Não leva em conta o dano. Não se alegra com a injustiça, mas alegra-se com a verdade.
Suporta todas as coisas, acredita todas as coisas, espera todas as coisas, persevera em todas as coisas.
 O amor nunca falha.  "- 1 Coríntios 13: 1 -7

Nenhum comentário:

Postar um comentário