quinta-feira, 24 de junho de 2010

101 & Coração Louco

É incrível. Mas, sobrevivemos há 100 postagens, e essa é a de número 101. Acho que esse é um dos meus blogs que mais durou, temos muito o que comemorar. Mesmo com leitores esporradicos, é bom expressar-se, mesmo que as vezes seja para o nada. Parabéns a nós Priscila, sobreviventes!

Quanto ao "Coração Louco", refiro-me a um dos filmes mais surpreendentes que vi esse ano. Não é um daqueles filmes hollywoodianos cheios de efeitos especiais, ou regados de comédia e gente bonita. Mas, não deixa de ser extraordinário pela mensagem.



Jeff Bridges, protagoniza Bad Blake, um desregrado cantor country, viciado em alcool, agora, sem compor, vive de antigos sucessos aproveitando dos seus dias de glória. Isso até conhecer Jean Craddock (Maggie Gyllenhaal), jornalista por quem se apaixona e assume os riscos de uma relação de amor depois de tanto tempo.

Jean o inspira a criar talvez a música mais linda de sua carreira, "Crazy Heart" (vencedora do Oscar, merecidamente), e mais do que isso, o ensina que nunca é tarde pra recomeçar.

Quem gosta de boa música, aprecia boa fotografia num filme, e gosta de excelentes atuações, recomendo. Só para que vocês fiquem na vontade, deixo um link com a música "The weary kind", de Ryan Bingham, e cito uma frase que me fez refletir e como compositora de muitos poemas, e até algumas músicas, fui obrigada a concordar:

Quanto mais amarga é a vida, mais doce é a canção



Vejam!

Ah, fui ver Toy Store, depois irei divagar sobre isso.

Beijocas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário