terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

INEDITO

Olhem a historia dessa cidadã, meldels HAAAAAAAAAAAAAAAAAHAHAHAHA

Policiais civis de Ourinhos prenderam a professora Angélica Jesus Batista, de 26 anos. Ela foi presa no fim de semana quando o ônibus em que viajava, de São Paulo para Ourinhos, foi parado na base da Polícia Rodoviária na rodovia Engenheiro João Batista Cabral Rennó, em Santa Cruz do Rio Pardo (90 quilômetros de Bauru).

Confundida com uma traficante, que foi presa depois com dois quilos de crack, a professora explicou que transportava um tablete de rapadura que comprou na Bahia junto com outros doces para dar ao namorado que mora em Ourinhos.

Algemada, ela ficou indignada e registrou boletim de ocorrência (BO) por constrangimento no Plantão Policial de Ourinhos. A professora classificou a situação de “absurda” e pediu a contratação de policiais mais preparados para lidar com a população. 

haaaaaaa vou riri dias!! pqp HAHA, nunca mais eu ando com argila na mochila!! ha

2 comentários:

  1. Muito massa!! Como sempre!!!!

    meu blog:

    http://www.molholivre.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Aquela velha história do sanduíche de atum.

    gente assassinando os pais, e a polícia prende por consumir rapadura, lindo.

    ResponderExcluir