quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Sublime

As pessoas questionam a humanidade todos os dias. Quanto mais assistimos TV mas desacreditamos no que vemos. São estupros, matanças a sangue frio de avós, pais e filhos, negligência de hospitais e escolas, e tudo parece perdido. Eis então que surge o anti-herói, com uma inovadora idéia: acabar com o mal, exterminando-o sem dó nem piedade. Realmente, uma boa ideia, mas eu pergunto se isso resolveria alguma coisa, já que o mal está enraizado em nossa sociedade. O que isso poderia virar? Olho por olho, dente por dente e o mundo acabaria cego, decadente, e de uma forma ou de outra...igual, senão pior. Citamos passagens da bíblia para exemplificar a mudança (para a pior) do mundo: Jesus disse que quando alguem bater em uma das suas faces, você oferece o outro lado. Mas ao invés disso, esmurramos o outro caso ganhemos um tapa... e esse sim é o real problema. A lição disso não é que mesmo você oferecendo a outra face a outra pessoa continua com os abusos incessantes. A lição é: apesar dessa violência gratuita, oferecemos o outro lado por humildade, carater e por superioridade. É essa atitude que nos separa do outro cara, que nos distingue, é o que distingue o certo do errado. E esse, meu amigo, é o maior poder que podemos ter. Assim é que nos tornamos Sublimes.

Um comentário:

  1. Às vezes pensamentos que não haverá o amanhã... Mas, por que pesarmos nisso? Se estamos vivendo o hoje? Seguindo-te.

    ResponderExcluir